TRABALHADORES E EMPRESÁRIOS APROVAM MEDIDAS PARA RETOMAR CRESCIMENTO E GERAR EMPREGOS

Trabalhadores e empresários aprovaram hoje (dia 22) medidas para fomentar a retomada da economia e o emprego. Documento nesse sentido foi elaborado por representantes da Força Sindical, da UGT, CTB, CSB e Nova Central com a Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de S. Paulo), Abimaq (Máquinas) e Fecomércio(Federação do Comércio) e será entregue no dia 30, para o presidente Michel Temer,para o presidente do Senado, Eunício Oliveira e para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Na reunião, a Força Sindical foi representada pelo secretário-geral da Força, João Carlos Gonçalves, Juruna, pelo presidente do Sindicato dos Metalúrgicos SP e da CNTM, Miguel Torres, e pelo presidente do Sindicato dos Químicos da Baixada Santista, Hebert Passos.

Empregos

A prioridade é gerar empregos, disse João Carlos Gonçalves, Juruna, secretário-geral da Força Sindical, e para isso é fundamental o crescimento da economia. As medidas para a retomada são baixar os juros, diminuir a dívida pública e adotar medidas que facilitem o crédito, entre outros.
O secretário-geral da Força disse que é prioritária a retomada das obras públicas que estão paralisadas, a abertura de mercados para o produto brasileiro, garantir o conteúdo nacional nos equipamentos para produção de petróleo e gás e renovação de frota de veículos.

Juruna defendeu ainda o aumento de 5 para 7 o número de parcelas do seguro-desemprego porque aumentou o período de recolocação dos trabalhadores no mercado de trabalho.

Paulo Skaf, presidente da Fiesp, destacou a importância do consenso entre empresários e trabalhadores na busca da retomada do crescimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *