Gasolina sobe 1,13% em agosto e atinge preço médio de R$ 6,103, diz pesquisa

O preço do litro da gasolina no Brasil subiu 1,13% na primeira quinzena de agosto em comparação ao mesmo período de julho. Dessa forma, com a alta, o valor médio do combustível chega a R$ 6,103 no país, segundo levantamento feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas.

Para a pesquisa, foram levados em consideração registros das transações realizadas entre os dias 1º e 15 de agosto com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 25 mil estabelecimentos credenciados.

Amapá (6,72%) e Distrito Federal (4,07%) foram os lugares que registraram as maiores altas no período. O único estado a registrar queda no preço na quinzena foi o Rio Grande do Norte (-1,39%).

Entre as capitais, o valor médio do combustível foi de R$ 6,048, sendo que Rio de Janeiro (R$ 6,460) e Rio Branco (R$ 6,380) foram as que apresentaram os maiores preços na primeira quinzena deste mês. Já os menores valores médios foram encontrados em Curitiba (R$ 5,565) e São Paulo (R$ 5,639).

Etanol só é vantajoso em Mato Grosso

Seguindo a regra que diz que abastecer com etanol apenas é vantajoso quando o valor do litro não ultrapassar 70% do preço da gasolina, só é melhor abastecer com álcool em Mato Grosso, onde o preço médio do etanol no País na primeira quinzena de junho foi de R$ 4,429. Em todas as outras rehiões pesquisas, a gasolina permanece sendo a melhor opção para o bolso.

As informações são da Agência O Globo.